segunda-feira, 4 de outubro de 2010

A Caminhada como atividade física para indivíduos obesos

A facilidade da vida moderna não permite que o homem coma e gaste a energia que consome, gerando o sedentarismo e a obesidade. Diversas pesquisas apontam que quanto mais os países se desenvolvem mais as pessoas vão se tornando obesas, por isso é um distúrbio atual. Para Katch; McArdle (1996:387) a obesidade é um distúrbio relacionado com numerosos fatores que desequilibram o balanço energético na direção do ganho de peso, é definida em termos de quantidade excessiva da gordura corporal total.
Os padrões de excesso de gordura em homens é de 20% da gordura corporal e nas mulheres de 30%.


Para Lima (1998:17) na caminhada o movimento básico é a marcha, que se diferencia da corrida, pois na marcha não existe a fase de vôo, momento que os pés deixam de ter contato com o solo.
Os riscos de lesões ortopédicas e cardiovasculares são mínimas em comparação a outras atividades.
Em indivíduos obesos pode ocorrer lesões nos joelhos devido ao peso corporal.
É uma atividade que emagrece, proporciona condicionamento cardiovascular, fortalece membros inferiores, além de reduzir as taxas de colesterol ruim (LDL e o VLDL) e aumentar o colesterol bom (HDL).

Comer uma refeição leve (fruta, suco, etc.) antes da caminhada é importante pois pode evitar queda de pressão, náuseas, fadiga, etc. (Lima, 1998:22)

   Segundo Cooper (1988:261) toda vez que o indivíduo for realizar um exercício físico é necessário:
· Alongar antes e depois do exercício, um músculo alongado e aquecido é menos propenso a lesões e distensões;
· Tênis, a chave para evitar contusões, um investimento em um bom par de tênis adequada a modalidade, pode valer uma grande economia em contas médicas;
· Estilo, incluindo a técnica adequada, aprender a praticar o exercício com segurança e perícia;
· Superfície, determina a dimensão e o efeito nocivo do impacto, evitar superfícies muito duras;
· Exigir demais do corpo, uma atividade deve ser realizada dentro das limitações do indivíduo.


Segundo Knoplich (1997:143-145) o método correto de caminhar é olhando para a linha do horizonte, com os braços soltos e livres de objetos ou pesos, a musculatura abdominal e glútea devem estar contraídas e nunca caminhar com tornozeleiras, pois estas podem prejudicar a coluna vertebral.

A caminhada por ser uma atividade aeróbica, pode ser mais indicado no programa de controle de peso corporal para indivíduos obesos e com menor nível de aptidão física, pois possui caráter dinâmico, ritmo constante e a intensidade pode ser controlada conforme o grau de aptidão do indivíduo.
A redução da gordura e do peso corporal deverá ser encarada apenas como um dos objetivos a ser alcançados pelos programas de controle de peso, é fundamental modificar certos hábitos alimentares, e praticar exercícios físicos sempre.

Artigo completo clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário